A Pá Ladina

Versão Beta
Close

Como gastar moedas de Batalha de Mascote do BfA

Confira onde gastar seus patuás para obter mascotes especiais em World of Warcraft

Olá novamente a todas as pessoas formosas que aqui chegam, querendo fazer uso dessa nossa querida Pá, para se aprofundar em algum assunto desse nosso jogo chamado World of Warcraft.
Hoje iremos nos aventurar num ramo muito especial e querido por uma boa parte das pessoas. Mascotes! Em especial os mascotes que são conseguidos utilizando os Patuás, que como já é sabido por nós (ou não), podem acabar sendo substituídos com a chegada da nova expansão por uma nova “moeda” de troca, como já aconteceu anteriormente.

Patuá de Mascote Polido

Opa, mas você não sabe o que são os Patuás? Bem, essas coisinhas queridas são um tipo de moedas de trocas para coisas relacionadas a Mascotes. Como demos a entender acima, já existiram outros tipos de moedas, mas nesse artigo vamos ver coisas relacionadas ao Patuá de Mascote Polido

Mas então, vamos aos pontos principais.

Onde conseguir os Patuás: 

  • Missões Mundiais de batalhas de Mascotes

Ex: Missão Mundial em Voldunai (Campeões de Vol'dun de Keeyo)

  • Mesa de Missões nos Navios
  • JvJ de Mascotes (apenas chance de vir alguns)
  • Alguns baús pelos mapas da expansão atual (BfA)
Alguns dos mascotes obtidos com Patuás
Alguns dos mascotes obtidos com Patuás

Quem aceita fazer trocas por isso:

Horda

Koari - Zuldazar

Holaua Feliz  - Zuldazar 

Jenoh - Vol’dun

Shoak - Nazmir 

Mantenedora Lija - Nazmir - Requer reputação com Expedição de Talanji

Ransa Pena Cinzenta - Zuldazar - Requer reputação com Brigada da Honra

Óli - Zuldazar (D*!)

É preciso fazer Batalha de Mascotes até receber Mensagem Sinistra para que Óli seja desbloqueado e os itens apareçam nele.

Fonte: wowhead

Galera da Aliança:

Dana Puli - Boralus 

Madalena Noval - Vale Trovamare

Intendente Alcorn - Drustvar - Requer reputação com Ordem das Brasas

Irmã Lilyana - Vale Trovamare - Requer reputação com Rastro da Tempestade

Vindicante Jaelaana - Boralus - Requer reputação com 7ª Legião

Torrezinha de Cerco (200)

Esquivínio - Boralus (D*!)

Fonte: wowhead
Fonte: wowhead

Galera da Neutralidade:

Mona - Zuldazar

Wunja Cega - Nazmir (D*!)

Miguel Contefenda - Drustvar (D*!)

Miguel Contefenda - wowhead
Miguel Contefenda - wowhead

Galera das facções:

Magni - Silithus - Requer reverenciado com Campeões de Azeroth

Coletor Kojo - Zuldazar e Vale da Trovamare - Requer reverenciado com Peregrinos 

Fornecedora Qorra - Uldum - Requer reverenciado com Acordo de Uldum

Zhang Ku - Vale das Flores Eternas - Requer reverenciado com Rajani

D*! - Pequenos pormenores

Bem, após listar a galera onde podemos gastar esses incríveis Patuázinhos, vale a pena chamar atenção para alguns deles que tem certos detalhes para liberar essa opção de troca. 

Miguel Contefenda

Para liberar esse pimpolho, você vai precisar comprar 10 Chocolate Gourmet Tirasreli, essas delícias podem ser compradas com a nossa querida panda Xun Xun Doceflor em Porto Qualquer. Com isso em suas bolsas, vá para a posição 52.31, 31.68 em Drustvar. Você encontrará uma casa na árvore, lá terá um baú que você deverá clicar nele duas vezes. Miguelito vai aparecer do lado de fora com a opção de venda habilitada (sim, você acabou de atrair criança oferecendo doces, logo após rouba-las, shame on you).
Contudo, não é apenas isso que precisa ser feito, pois alguns dos Mascotes só podem ser liberados após completar uma sequência de missões/atividades.

Para liberar o Porquinho, faça a missão: Salsichas lentas em Porto Trincha (somente Aliança).

Porquinho de Drustvar
Para liberar o Coelho ensanguentado, mate a Matér Tapiti em Drustvar (52.01, 46.96).

Para liberar Beijocas, faça a sequência de missões da Abigail Lerner que começam em 54, 39.

Shoak

Para que Shoak apareça na base da Horda, é necessário fazer as sequências de missões Filtro de profanidade, oferecidas por Kajosh em Nazmir (55, 36). Fora isso, para liberar algumas das mascotes vendidas aqui, é preciso fazer o que segue abaixo:

Para liberar o Sapo do Pântano é preciso fazer as missões Os escolhidos de Krag’wa e A vingança dos sapos

Para conseguir a Bagateiro Amaldiçoado, você precisa primeiro completar a missão Tabuleta Ancestral.

Wunja Cega

Essa é uma opção mais fácil para a galera da Aliança conseguir os Mascotes que Shoak vende, ou pelo menos 3 deles. Além disso, para liberar a mascote Bagateiro também é preciso fazer a missão Tabuleta Ancestral.

Dana Puli e Holaua Feliz

Alguns dos mascotes vendidos por esses vendedores podem não estar disponível logo de cara, como o Filho de Jani ou o Esquilo Mecânico. Esses mascotes estão relacionados a missões e conquistas que você faz pelos mapas. Uma “boa” forma de fugir desses requerimentos é tentar a opção abaixo, que no caso não poderá ser feita por aquela pessoa que não gosta de alt e assim, não tem uma personagem na facção oposta.

Olí e Esquivínio

Bem, agora essa dupla aqui. Para que os mascotes apareçam nesses queridos contrabandistinhas, é preciso fazer batalha de mascotes até que você receba o item Mensagem Sinistra, que libera uma nova missão na Mesa de Missões do navio.

Contudo, se você não é como aquele nosso colega que não tem alts, você pode logar naquele seu personagem da facção oposta e comprar todos os mascotes nos seus respectivos vendedores, sem precisar “sofrer” no JvJ/RNG.

E com isso acaba esse pequeno passeio pelo mundo dos Patuás. Espero que você consiga encontrar seu caminho nessas miríades de opções tentadoras e que também seja capaz de fechar suas coleções de adoráveis mascotinhos.

Fonte: WoWHead


Está ansioso pela chegada de Shadowlands e quer saber o que fazer até a chegada da nova expansão?

Confira no meu último artigo o que fazer em World of Warcraft antes de Shadowlands ser lançada


Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais e de compartilhar com os amigos o nosso post! Até a próxima!

Jogador de World of Warcraft e escritor nas horas vagas. Twitter: @Tumular