A Pá Ladina

Versão Beta
Close

O que é Transmog e como funciona?

Aprenda mais sobre Transmog em World of Warcraft!

O que significa esse palavrão “Transmogrificação”? Bem, significa vida, liberdade, embelezamento, brilho e luxo. Ou como pode ser dito também, significa que você pode mudar a aparência de um item para algum outro que você já tenha saqueado durante o seu tempo de jogo.

Pode não parecer muita coisa, mas os transmogs permitem que você passe a ter um novo tipo de objetivo no jogo, o de colecionar aparências. E claro, com isso você entrará em uma espiral de lutas extras contra o famoso RANDOM, ou RNG para as pessoas mais enfurecidas. 

  • Se você não se familiariza com alguns termos em World of Warcraft, confira nosso glossário: clique aqui

    Durante boa parte do começo de WoW, ficamos sempre a mercê dos gostos peculiares dos desenvolvedores ao colocar aparência X ou Y em uma sequência de missões de uma área. Quem é mais antigo, vai lembrar de como foi um carnaval começar a se aventurar por Terralém.

Mesmo ao percorrer caminhos e aventuras mais adiante, sempre fomos forçados a ficar com aquele visual meio maluco por ter uma peça de missão, outra de um conjunto e outra feita por alguma profissão.

Mas chega de chorar pitangas sobre o passado. O sistema de transmog chegou e faz bastante sucesso. Então vamos ao básico sobre.

Primeiramente, onde podemos ter acesso aos NPCs mágicos que nos ajudam a criar aparências lindas e fabulosas?

- Em grandes capitais, teremos os Ethereals que nos ajudam com isso. Em Orgrimmar e Ventobravo, assim como Dalaran.

- Se você for uma pessoa RICA!, você pode comprar a montaria do Iaque que vem com um vendedor e um tiozin grômulo da Transmogrificação. Ela é vendida em Pandaria, em Monte Kun-Lai com o Tio Bolsofundo no Bazar dos Grômulos (65,62).

- Se você for pobre, pobre, pobre, você pode procurar o item Reposicionador de Vestuário Portátil que é feito por engenharia. Pode ser que você encontre na Casa de leilão, senão, dá uma chamada por engenheiros no canal de chat.

Agora, usar o sistema não é um oba oba das aparências. Você mantém as restrições baseadas na sua classe. Alguém que usa tecido, só pode usar aparências de itens de tecidos. Mesma regra vale para armas. Você só pode usar a aparência de uma arma que a sua personagem possa equipar, ok? Nada de magos brincando com Arco e Flecha ou Carabinas! Ou Ladinos tentando encantar os outros com Varinhas!

E um outro ponto importante é, você precisa ter o item vinculado. Não adianta só saquear um item que é vinculado ao equipar e deixar na bolsa e/ou vender. Se você não tornar o item vinculado a você, a aparência não será aprendida. Então, pegou o item, não tem aparência e ele não vale um rim na Casa de Leilão, bora equipar para aprender logo, ok? E outra coisa, você não pode aprender uma aparência e fazer troca com outra pessoa nesse item, pois você vai perder a aparência aprendida. Só funciona com vínculos profundos e reais, ok? Nada de troca troca!


Bem, mas como saber as aparências que você possui? Basta acessar a aba de aparências, em coleções, que você acessa usando SHIFT+P. 
Ali você pode ver uma divisão de cada parte de equipamentos. Você pode notar que acima tem uma outra opção onde mostra suas aparências de Conjuntos.

Inclusive existe algumas conquistas por completar conjuntos de cada raide.

Navegando até o fim da listagem, você vai notar que existem umas aparências com uma borda avermelhada, e depois delas outras meio azuladas. As com bordas avermelhadas são aparências que você não pode usar por algum motivo, falta de nível ou por ser uma aparência de evento. As aparências mais azuladas são as que você não tem na sua coleção. Você passando o mouse por sobre essas aparências, você tem uma informação geral sobre onde conseguí-las.

Eu não sei como vocês vão aproveitar esses conhecimentos adquiridos aqui nesse post, mas sei que eu quando cismo, acabo passando MUITO tempo montando conjuntos de aparências para usar nos meus personagens. Aliás, vale falar que você tem uma opção onde pode simplesmente criar aparências de conjuntos e salvar, para depois quando a ocasião pedir, só dar aquela modificada. No caso, quando você está na tela de aparências, se você clicar em um item, segurando Shift, ele vai abrir uma janela do Provador, ali você verá sua personagem utilizando o item no qual você clicou. 

Daí, basta ir alterando a aba de equipamento e repetindo o clicar nos itens, para ir “equipando” a aparência no personagem em questão. Feito isso e feliz com o que foi criado, basta clicar na parte superior e escolher “nova aparência” e salvar com o nome mais apropriado. Aí, quando você abrir lá no tiozim da transmogrificação, terá essa opção para você apenas aplicá-la. E sim, você também pode criar e salvar novas aparências diretamente nessa janela do tiozinho.

ALIÁS, MUITO IMPORTANTE! Como pode ser visto na imagem acima, mudar a aparência do seu equipamento pode sair bem caro. O valor costuma variar bastante, dependendo de qual o item que você está equipando no momento. Claro que, se você optar por esconder a aparência dos equipamentos (que você pode fazer para quase todas, calças e armas não tem essa opção), você vai gastar nada por fazer isso. Exibir seu corpitcho não custa nada, mas usar aquele conjunto matador pode sair caro.


Uma coisa legal que costuma acontecer no jogo é a Provação do Estilo, onde você dá um pulo no seu amigo Etéreo na cidade capital e participa de um concurso de moda azerothiana. Durante esse evento você ganha umas moedas pela participação, que lhe permite comprar coisas com ele. E o melhor, enquanto estiver rolando esse evento, trocar seu transmog fica de graça! :D


E agora que você conhece o básico, tem algum conjunto legal para mostrar pra gente? :D

Siga a gente nas redes sociais:
✅ Instagram: www.instagram.com/apaladinawow
✅ Facebook: www.facebook.com/apaladinawow
✅ Twitter: twitter.com/apaladinawow
✅ Youtube: www.youtube.com/APáLadinawow
✅ Twitch: www.twitch.tv/apaladinawow

Jogador de World of Warcraft e escritor nas horas vagas. Twitter: @Tumular